Filipe Magalhães

31 Julho 2009

Filed under: Caixa de Pandora — Filipe Magalhães @ 16:18

XUTOS & PONTAPÉS, à pala, hoje!

Anúncios

25 Julho 2009

Sério?

Filed under: Caixa de Pandora — Filipe Magalhães @ 11:25
Ninguém merece num casamento, por cúmulo dos azares, ficar sentado na mesma mesa que um ex-professor!

20 Julho 2009

Homem Está Na Lua!

Filed under: Caixa de Pandora — Filipe Magalhães @ 10:56

Faz hoje 40 anos que o Homem pisou a Lua pela primeira vez! Bem haja!

17 Julho 2009

Filed under: Caixa de Pandora — Filipe Magalhães @ 15:32

Daqui a pouco vou sair para ir, novamente, para o Marés Vivas’09.

Ora tomem lá, gente invejosa!

16 Julho 2009

SOU MESMO FIXE

Filed under: Caixa de Pandora — Filipe Magalhães @ 19:02

Estou no FESTIVAL MARÉS VIVAS’09

(a mensagem foi publicada através do meu telemóvel todo XPTO – sou mesmo fixe)

4 Julho 2009

Eugénio de Andrade – Ver Claro

Filed under: Caixa de Pandora — Filipe Magalhães @ 13:12

Toda a poesia é luminosa, até
a mais obscura.
O leitor é que tem às vezes,
em lugar de sol, nevoeiro dentro de si.
E o nevoeiro nunca deixa ver claro.
Se regressar
outra vez e outra vez
e outra vez
a essas sílabas acesas
ficará cego de tanta claridade.
Abençoado seja se lá chegar

Eugénio de Andrade

Pequena Elegia Chamada Domingo

Filed under: Caixa de Pandora — Filipe Magalhães @ 13:05

O domingo era uma coisa pequena.
Uma coisa tão pequena
que cabia inteirinha nos teus olhos.
Nas tuas mãos
estavam os montes e os rios
e as nuvens.
Mas as rosas,
as rosas estavam na tua boca.

Hoje os montes e os rios
e as nuvens
não vêm nas tuas mãos.
(Se ao menos elas viessem
sem montes e sem nuvens
e sem rios…)
O domingo está apenas nos meus olhos
e é grande.
Os montes estão distantes e ocultam
os rios e as nuvens
e as rosas.

Eugénio de Andrade

Site no WordPress.com.